sábado, 15 de julho de 2017

Pequenas considerações sobre silly season 2017

Este defeso tem sido pródigo em acontecimentos. Vou passar um olhar sobre alguns dos temas mais badalados.

Carlos Queiroz afirmou que Liedson acusou doping.

Saiu um artigo no Expresso sobre o Benfica.

Hélio Gomes, atleta do Sporting, foi apanhado com doping.

Saiu outro artigo no Expresso sobre o Benfica.

Bruno Carvalho afirma que meteu Proença na Liga e a Liga arranjou umas condicionantes no sorteio especialmente para o Sporting. Veredicto da comunicação social. Bruno Carvalho foi vitima de um jornalista.

Foi roubado ao Benfica toda a troca de emails e documentação dos últimos anos. Veredicto da comunicação social. O Benfica manda nisto tudo.

Ficámos a saber que a cartilha de 4 ou 5 comentadores fazem mais comichão do que a cartilha de pelo menos 14 jornalistas.

Se não fosse a rábula de Sónia Carneiro, Proença ainda estava na lua de mel com Bruno Carvalho.

Discursos confragedores, sorrisos amarelos (priceless a cara de Jesus quando Bruno Carvalho prometeu o titulo), stand-up rasca, palavreado rasca e muito Benfica. Foi assim a puta da gala que para ter sido perfeita, só faltou mesmo Jesus dar porrada nos comediantes de serviço. Ficou-se por um: "baixa a bola".

Por essas televisões existiram alguns "xicos" espertos a comparar o caso dos emails com o apito dourado. Eu realmente só me lembro de uma diferença. Enquanto uns fugiram para Vigo avisados pela policia, os outros chamaram a policia para esclarecer a situação.

A transferência de Ruben Neves foi tão transparente que nem a CMVM ousou perguntar pelos valores envolvidos.

Já intervencionado, o Porto precisava de fazer 100 milhões até ao final de Junho. Tendo em conta a calmaria na comunicação social ninguém diria.

110 milhões que o Benfica já recebeu neste defeso. Depois de anos a fio a receber mendilhões finalmente com as vendas de André Silva e Ruben Neves passamos a receber dinheiro de verdade.

Depois dos delegados da liga, proibidos de ir aos estádios, agora foram 3 deputados constituidos arguidos por terem aceite convites para ir a França ver jogos do Europeu. Manuel Oliveira já estava a tremer. E se o Expresso não escrever um artigo sobre o Benfica entretanto, ainda chateiam o Dr Macaco e o Mustafa.

Meirim pediu celeridade no caso dos emails. Se for a mesma com que ele resolve casos de cuspidelas ainda vamos ver primeiro o Rui Patricio num grande clube Europeu.

O Benfica propôs uma lei para relembrar Meirim que um dirigente andou pelos tuneis a aplicar cuspidelas. Do lembrete a comunicação social retirou a conclusão que o Benfica manda nisto tudo.

Com os jogos de pré-época tornou-se ainda mais evidente as boas relações entre Jesus e Bruno de Carvalho. Jesus levou os seus 15 jogadores para estágio e o Brunocas mandou os outros (aqueles que andam a fazer pré-época há 6 meses). Com 2 jogos no espaço de 22 horas jogaram os 15 de Jesus.

Foi com muita tristeza que os benfiquistas viram partir Nélson Semedo. Mas ninguém estará mais triste do que Cédric.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Benfiquização do futebol português - Fernando Gomes

Após emails divulgados em que elementos da federação pediram bilhetes para jogos do Benfica, Fernando Gomes veio logo a terreno e vetou a ida desses elementos aos estádios.

Não deixa de ser irónico Fernando Gomes tomar esta posição. Ele que nos tempos do apito dourado era quem arranjava os bilhetes para as prostitutas que eram oferecidas aos árbitros.


Já agora perguntem a Fernando Gomes se isto também é para árbitros ou se Manuel Oliveira pode continuar a frequentar a zona VIP do estádio do dragão.



Não existem dúvidas que em Fernando Gomes manda o Benfica.

domingo, 9 de julho de 2017

Benfiquização do futebol português - João Pinheiro vs Sónia Carneiro

Em março, após João Pinheiro ser designado para um cargo na Comissão Arbitral da Liga, apareceram em blogues e jornais desportivos comentários seus que demonstravam ser benfiquista.




Ontem ficámos a saber que a directora executiva da Liga faltou ao respeito ao Benfica e à selecção nacional nas redes sociais.



E o que fez Proença? O mesmo que fez com João Pinheiro? Não. Elaborou um comunicado extenso onde se lêm coisas como:

"as diversas simpatias e afetos clubísticos do presidente e dos diretores executivos, apesar de conhecidas, ou reveladas, em vários momentos das suas vidas profissionais não são obstáculo para o cumprimento digno, profissional, rigoroso e isento"

"O que antigamente era discussão alegre e divertida entre amigos de ‘cores diferentes’, no café ou nas redes sociais ao alcance do Mundo, hoje se transformou numa moderna ‘caça às bruxas’."


Não existem dúvidas que na Liga manda o Benfica.