quinta-feira, 26 de maio de 2022

A decisão mais fácil em termos de gestão

No 4-4-2 / 4-2-3-1 de Bruno Lage:

No 4-4-2 de Jorge Jesus:

No 3-4-3 / 3-5-2 de Jorge Jesus:

No 4-4-2 / 4-2-3-1 / 4-3-3 de Verissimo:

  • Weigl / João Mário (aqui)
  • Weigl / João Mário / Paulo Bernardo (aqui, aqui)
  • Weigl / Meite / Paulo Bernardo (aqui)
  • Weigl / Meite / João Mário (aqui)
  • Weigl / Taarabt / Ramos (aqui, aqui, aqui)
  • Weigl / Ramos (aqui)
  • Weigl / Meite / Ramos (aqui)
  • Weigl / Paulo Bernardo / Ramos (aqui)

São já 2 anos e meio de experiências e mais experiências. Parceiros e mais parceiros. Sempre com o mesmo resultado. Empates, derrotas e humilhações. 2 anos e meio a tentar adaptar uma equipa as necessidades de um jogador em vez de tentar adaptar os jogadores as necessidades da equipa.

E mesmo assim, passados 2 anos e meio e com o quarto treinador, já está a regressar a mesma lenga lenga de que o treinador vai transformar o jogador? O centro campista do plantel com menos características para o tipo de jogo que ele pratica? Vamos fazer pressão alta com este jogador?

Assumam de uma vez por todas o fracasso desta contratação. É demasiado limitado em quase todos os aspetos do jogo. Quando até um goleador como Gonçalo Ramos é colocado em campo para ser mais médio do que segundo avançado contra os Vizelas da vida, já estão indirectamente a assumir isto.

Não existe nada que justifique a manutenção deste jogador. Já desde os tempos de Dortmund que com os mesmos treinadores e mesmos planteis os resultados são melhores sem ele em campo. Desta forma podem perceber porque é que ele cá veio parar.



A estes dados ainda se podem juntar um número absurdo de jogos onde é dada a volta a resultados depois da sua saída (aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui).

Eu sei que vêm logo para aqui dizer que as estatísticas não mostram nada. Que existem muitos factores como os adversários ou os colegas num determinado jogo. E até certo ponto isto é verdade. Fazer um jogo em casa com o Famalicão quase com o melhor 11 é diferente de ir jogar a Paços com metade da equipa de miúdos. Se o conjunto de amostras for pequeno não se pode considerar os dados muito fiáveis. Mas quando estamos a falar de mais de 3 centenas de jogos todos esses factores vão-se diluindo. É como lançar uma moeda ao ar. Se for 10 vezes até pode calhar coroa 8 vezes (80%). Mas se lançarmos 100 vai cada vez mais aproximar-se dos 50%.

Mesmo assim eu até coloquei uma tabela apenas com os jogos do campeonato sem contar com Porto e Sporting e a tendência mantém-se. Tudo isto se torna ainda mais grave quando nos ultimos 2 anos os substitutos de Weigl nem eram 6 de raíz. Tanto Gabriel como Meite foram adaptados a posição. 

Com base na falta de rendimento, neste histórico de resultados, no ordenado que recebe e no tipo de futebol do novo treinador, esta devia ser a decisão de gestão mais fácil de tomar. Eu percebo que é das mais difíceis em termos populares mas no final do dia os adeptos apenas querem saber de vitórias. E está mais que visto que com este jogador não o vamos conseguir. Não só não o vamos conseguir como vão continuar a ser queimados outros jogadores.

quinta-feira, 19 de maio de 2022

Só mais uma oportunidade para pedir a demissão de Fontelas Gomes

 


É continuar a defender esta industria. De há uns anos a esta parte, desde que Proença chegou a Liga e Fontelas Gomes a arbitragem, que tudo passou a ser opaco. Desde classificações a nomeações. Não sabemos de nada. Apenas sabemos que quem prejudica o Benfica é constantemente recompensado com mais jogos e viagens ao estrangeiro. A "incompetência" acaba sempre por ser recompensado. E agora está aqui o resultado.

terça-feira, 17 de maio de 2022

Repetição dos últimos 2 mercados de verão



Sempre achei estranho as noticias de Grimaldo ir para o Barcelona. O Barcelona antes de Xavi até acreditava, agora este que o espanhol está a montar parece pouco provável. Portanto já não surpreendem estas noticias de que afinal não vai. Prevê-se assim mais um verão do romance Grimaldo / Nápoles. Incrível como um Nuno Tavares como suplente dele conseguiu chegar a um histórico da Liga Inglesa e ele como titular indiscutível há mais de 5 anos continua por cá.


Depois temos Weigl. O texto de cima é uma resposta do Coluna a um leitor num dos seus posts. E isto para mim é exatamente o que vai acontecer. As noticias já o começam a mostrar. Vão aparecer meia dúzia de nomes mas no final a narrativa será a de que não apareceu nenhuma oportunidade de negócio para ficarmos melhor na posição. E entretanto vão limitar-lhe a concorrência pela posição ao máximo. Basta ver como nem sequer vão deixar o Gabriel mostrar-se a Schmidt depois da grande época que fez e de, ao contrário de Weigl, ser um jogador com as características ideais para o estilo de jogo em pressão alta do Alemão.

Portanto a minha esperança de que os 2 saiam é mínima. Vai ser uma repetição dos 2 últimos verões. Daqui por 2 meses lá devem estar os 2 a ser titulares no último jogo de preparação da época. E lá estaremos nós a caminho de mais um ano penoso.

domingo, 15 de maio de 2022

Em julho do ano passado

No final de Julho do ano passado, após o último jogo de preparação com o Marselha e antes do primeiro jogo da época, escrevi isto:

"Infelizmente o que eu mais temia no final da época passada está a acontecer. Andamos a trocar todo um plantel e a rebentar com a saude financeira do clube para criar uma equipa a volta de um jogador mais do que banal. E assim vai continuar este ciclo vicioso se não cortarmos de vez com isto. Daqui a um ano em vez de andarem a chamar gordo e picanhas ao Gabriel vão chamar outra coisa qualquer a Meité e João Mário."

Não. Não é preciso ser bruxo. Só é preciso estar atento ao que têm sido os últimos 2 anos e meio. E pela bufaria constante do que se passa no Benfica, esta frase vai continuar bastante atual no final de Agosto. Muitas "trutas" a caminho com o 10nocomando aí por volta de Janeiro (nesta época talvez seja mais tarde por causa do mundial) a estar pelo terceiro ano consecutivo a dizer que a época não correu como esperavam, que os erros estão identificados e que no que faltar da época é que se vão ver os homens que o Benfica tem.

P.S. Isto já é chover no molhado mas na sexta mais um jogo sem Weigl e mais uma vitória. Desta vez até com meia equipa de putos e outra de jogadores menos utilizados deu para vencer com alguma tranquilidade. Em 5 meses de Nelson Verissimo tivemos 4 ou 5 jogos tranquilos e nunca vencemos 3 jogos consecutivos. Fizemos 3 jogos sem Weigl e os 3 foram vitórias tranquilas. Mas lá está. A culpa é de Meite que nos poucos jogos que fez no lugar do Alemão até vencemos. Já o Weigl que foi titular em todos os pontos perdidos nesta época (mais um record) não tem nada a ver com isso.

quinta-feira, 12 de maio de 2022

As minhas desculpas ao Pêpe Rodrigues

Muitas vezes nos últimos 2 anos disse que Weigl não era mais do que um Pêpe Alemão devido as similaridades no estilo de jogo de ambos. Por este motivo venho hoje pedir desculpas a Pêpe Rodrigues uma vez que tem mostrado muito mais. Em baixo está o resumo do último jogo do Famalicão e apreciem o papel que teve nos 3 golos.

Quando vi este resumo pensei que era pelo menos isto que um médio com graves deficiências defensivas e sendo o mais bem pago da Liga deveria fazer várias vezes ao ano. Não num jogo esporádico mas regularmente. Principalmente com equipas menores. Mas depois uma pessoa puxa pela memória e dá conta que nem por uma vez vimos um jogo destes de Weigl.

Indo a parte estatística, segundo o Sofascore Pêpe tem também melhor rating que Weigl (tal como os trincos de Porto, Sporting e Braga), o que é extraordinário tendo em conta que estamos a falar de um profissional em jogar para a estatística. Figura também por 6x na equipa da semana contra 0 de Weigl. Algo curioso é verificar quais foram os jogadores do Benfica que estiveram na equipa da jornada ao longo da época.

Darwin (8x), Otamendi (6x), Rafa (5x), João Mário (3x), Grimaldo (3x), Yaremchuck (3x), Lucas Verissimo (2x), Vertonghen (2x), Taarabt (2x), Everton (2x), Gilberto (2x), Vlachodimos (1x), Gonçalo Ramos (1x), Morato (1x) e até André Almeida (1x). Só um jogador do Benfica não aparece neste lote sendo habitual titular. E quem haveria de ser... Até 2 colegas de setor que são apontados como a razão do seu fraco rendimento lá conseguem figurar por 5x.

Sendo sincero todos estes dados estatísticos não definem jogadores. Para mim basta o que vejo em campo. Basta por exemplo ver a passividade de Weigl em todos os lances de perigo do Porto na Luz. Só mostro estes dados porque são só mais um indicador de como Weigl é uma banalidade. Em 2 anos e meio não tem um jogo onde tenha feito da diferença. Em 2 anos e meio o Benfica tem melhor % de vitórias sem ele do que com ele. Invariavelmente os melhores momentos de Weigl são fora de campo. A bandeira do Benfica em casa da avó, as camisolas oferecidas, a ida ao pavilhão ver o Futsal, etc. São estes os únicos momentos onde é elogiado pelos adeptos.

E uma pessoa vivia bem com isto se estivéssemos a falar de um Paulo Almeida. De um cepo qualquer que estava apenas de passagem. O grande problema é que é titular por decreto, sem concorrência pelo lugar a 2 anos consecutivos. O problema é que veio rebentar com o teto salarial em quase o triplo do valor aquando da sua chegada. O problema é que por causa disso já temos mais de uma dezena de jogadores acima desse anterior teto salarial porque os empresários não são burros e a bitola vai ser sempre medida pelo mais bem pago. E como se não bastasse está em vias de ser o capitão já na próxima época.

terça-feira, 10 de maio de 2022

Incompetência

Somos uma equipa que é uma verdadeira anedota em termos físicos e mentais. Num canto a nosso favor nem centrais, nem laterais, nem trinco, nem médios. Ninguém teve capacidade de recuperar com excepção do ponta de lança. Num jogo em que tínhamos de evitar sermos humilhados em nossa própria casa. Como se não bastasse em baixo está o que esta equipa custa.

podem consultar a lista completa aqui.

Uma autêntica VERGONHA a gestão do Benfica. Estamos repletos de meios jogadores que só são bons em 1 ou 2 momentos do jogo (o mais bem pago nem isso) e completamente banais em tudo o resto. Jogadores com bom nome, boa imprensa e ZERO rendimento. Mas caros como o car****.

Depois admiram-se que um Rafa queira sair. Quando é de muito longe um dos melhores mas mesmo assim tem mais de uma dezena de jogadores a receberem mais do que ele e os adeptos a porem em causa o seu profissionalismo.

E como se não bastasse aí vem mais um. É preciso acalmar as hostes com um grande nome. Com mais um jogador de bem. Com boa imagem. Um jogador digno do Sport Cascais e Benfica. Nem que para isso seja as custas de mais uma dezena de milhões de euros na compra, e mais alguns 5 por ano em salários num jogador de 30 anos e com problemas físicos. Nem que para isso se tenha que encostar um jogador como Gonçalo Ramos que é dos mais completos que temos e dos poucos que nos pode dar retorno financeiro no futuro. Tudo isto com uma mar de problemas urgentes para resolver.

Não vale a pena. Não aprendem. Não têm noção nenhuma. Cada dia a mais no Benfica são mais 5 que vão ser precisos para recuperar o clube. Ou tiramos o clube das mãos desta gente o mais rápido possível ou o Vietnam será uma brincadeira de crianças com o que aí vem.

domingo, 8 de maio de 2022

Imagens que valem por mil palavras

Isto é o Benfica num jogo de Futsal contra o Sporting para cumprir calendário, um dia após uma vitória num jogo em Alvalade que servia também para cumprir calendário.

Isto é o Benfica num jogo de Vólei em que se sagrou TriCampeão Nacional, umas horas após os porcos festejarem uma liga da farsa no estádio da Luz.

Querem descrição para estas duas imagens numa palavra? COBARDIA. E o que dói mais do que acabou de acontecer é que um vai continuar a ser o presidente do Benfica na próxima época. O outro vai ser o capitão.