segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Misters e artistas da coerência

Tal como escrevi no post anterior a máquina de comunicação anti-benfica tem andado atarefada em tornar 2 blogues do Sporting (tal como já o fizeram com o hacker Rui Pedro) em mártires. Vitimas do grande papão Benfica. O(s) pobre(s) coitado(s) diz(em)-se agora com medo por ter(em) de revelar a sua identidade e teme(m) pela família.

Depois lembrei-me de um asco de post para o qual me alertaram quando Pedro Madeira Rodrigues se candidatou a presidente do Sporting. Vejam e digam lá se não é preciso não ter vergonha nenhuma na cara para agora se fazerem de virgens ofendidas.

sábado, 13 de outubro de 2018

Um puzzle que se começa a compor

Aos poucos e poucos as peças do puzzle vão-se juntando.

Já soubemos quem foi o autor do roubo dos emails através de um artigo na revista sábado escrito por Carlos Rodrigues Lima. Artigo esse que elevou o ladrão, Rui Pinto, a herói e transformou a vitima em vilão. Foi mais uma oportunidade para repetir pela enésima vez a fábula criada em torno dos emails e esvaziar a importância do hacker ter sido descoberto.

Mas com essa novidade ficámos a saber que Rui Pinto se encontra na Hungria, país que Bruno Carvalho e Saraiva visitaram uns meses antes da cimeira dragarta e do inicio da divulgação dos emails. Também ficámos a saber que o ladrão era amigo de 2 rapazes (Pedro Bragança e Diogo Faria) que passaram a ser presença assídua no Porto Canal na altura em que os emails começaram a ser divulgados. Na mesma altura ambos criaram uma conta onde também divulgavam os emails.

Mais recentemente ficámos a saber que a queixa do Benfica contra a Google, onde eram pedidas informações sobre os blogues onde os emails eram divulgados, foi aceite por um tribunal da Califórnia. E tal como no caso da descoberta do ladrão dos emails alguém se antecipou a dar a noticia.

Desta vez foi num artigo do New York Times escrito por um tal de Tariq Panja. Para esse artigo foi contactado o blogue Artista do Dia (que pelos vistos também é Mister do Café. Young Network portanto) e tudo aquilo parece uma cópia do artigo da Sábado sobre Rui Pinto, ou seja, os bloggers colocados como vitimas e o Benfica como réu. Mas como é que alguém que escreve num conceituado jornal americano está a par do que se passa em Portugal? A resposta está em quem Tariq Panja segue nas suas redes sociais. Para além de 2 blogues que divulgam emails, está lá o suspeito do costume, Carlos Rodrigues Lima (o tal que descarrega mais de 10 GB de emails, lê-os e faz uma noticia sobre eles em menos de meia-hora).



Assim de repente parece que Carlos Rodrigues Lima anda numa azáfama a tentar minimizar os estragos. E cada vez mais parece que o circulo Porto, Sporting, hacker que roubou os emails, blogues de ambos os clubes, Carlo Rodrigues Lima e outros jornalistas são bastante chegados.

Neste puzzle começa a ser evidente que toda esta gente se conhece e comunicam entre si para controlar a forma como a informação é manipulada e divulgada pelos vários canais e orgãos de comunicação.


Já faltou mais para a verdade ser descoberta.

terça-feira, 25 de setembro de 2018

O futebol português está uma autêntica baganha

Mais uma jornada e mais 3 árbitros da AF Porto para os jogos de Benfica, Porto, Sporting e Braga. No Setúbal vs Porto e no Benfica vs Aves foram mais 2 roubos a beneficiar o Porto e prejudicar o Benfica. Os especialistas de arbitragem que escrevem no onojo, tal como faziam nos tempos do apito dourado quando andavam de apito na boca, ainda conseguiram ver a coisa ao contrário. Nas televisões é como se nada tivesse acontecido.

Manuel Oliveira, frequentador do camarote do Dragão, lá passou incólume de nova demonstração de portismo. Desta vez e após vários anos de denúncia, os jornais não conseguiram passar ao lado da foto comprometedora. A APAF indignada já veio defender o seu árbitro. "está com um amigo de longa data num momento da sua vida pessoal" e "não está em nenhum camarote e não foi convidado pelo clube" dizem eles. Tendo em conta que sentar ao pé de jogadores não convocados requer convite, então quer dizer que foi convidado pelo amigo que por sua vez recebeu convites do Porto. Um intermediário que para esta gente faz toda a diferença. Ele roubar sempre o Benfica e beneficiar o Porto é para o lado em que dormem melhor. E ver outros árbitros e suas famílias serem ameaçados de morte também não lhes tira o sono.

Hoje Baganha decidiu novamente botar faladura. Para se perceber a idoneidade deste homem é preciso saber algumas coisas sobre ele. Ex-basquetebolista do Sporting, membro da comissão de honra de Bruno de Carvalho e presença assidua, ao lado do mesmo, nas galas do Sporting onde se ria a gargalhada com as ordinarices ditas sobre Benfica (90% das galas). Assim temos esta personagem de um lado e Vitor Pataco e João Paulo Rebelo a desmenti-lo do outro com provas. A quem é que a comunicação social dá mais credibilidade?

Já agora não deixa de ser curioso que no mesmo dia que esta figura volta a aparecer, o castigo de um jogo a porta fechada no estádio da Luz tenha sido mantido pelo conselho de disciplina. O TAD (instância a quem o Benfica vai recorrer) já foi condicionado pelo rascord.

E assim vai o futebol português. Em Chaves lá nos espera mais um compêndio de pancada com a complacência do apintadeiro que para lá for nomeado. Com a falta de vergonha e impunidade que reina neste momento até o Manuel Oliveira lá são capazes de meter.

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Jornalistas vs Juristas

Os jornalistas ocupam mais de 10 horas diárias nos canais de informação a bater no Benfica. Para maior parte deles nem é preciso julgamento porque eles já o fizeram. Não têm pejo em mentir como já aconteceu ao transformarem ex-árbitros em árbitros ou ex-observadores em observadores.

Já quem percebe do assunto (alguns que apanhei pela net), nos poucos minutos que têm, chegam a ridicularizar esta acusação, principalmente no que diz respeito ao Benfica ser arguido.







Obviamente tudo malta ao serviço do Benfica.

P.S. - Já dá pena ver o Sporting pelejar por títulos e indemnizações fora do campo. E já dá pena ver os fretes que a comunicação social lhes faz, com a SIC a ocupar lugar de destaque. Anda tudo a querer fazer passar a ideia que está tudo bem no Sporting quando existe uma divida de 130 milhões para pagar até ao final do ano. E para pagar essa divida é preciso (para além de recorrer novamente a um qualquer descendente de visconde que esteja num banco para lá enterrar mais dinheiro) parecer que a coisa está bem para conseguirem um novo empréstimo obrigacionista. Querem apostar como não vai haver nenhum desenvolvimento do Cashball até ao final do ano?

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

O verdadeiro poder do Sporting


O mesmo país que se indigna, e crucifica um clube por ter acesso a processos em segredo de justiça, é o mesmo país que acha normal um candidato a presidente do Sporting afirmar ter elementos prontos a exercer tráfico de influências na justiça a favor do seu clube.

O Sporting é isto. Descendentes de viscondes em cargos importantes da sociedade portuguesa. Anos e anos de cunhas e passagens de testemunho. É este o único poder do Sporting. É nisto que eles são uma potência. E ajuda a explicar muito do que está a ser feito ao Benfica.

Como é que acham que um vice-presidente depositar 2 mil euros na conta de um árbitro não faz a SAD do Sporting arguida mas um advogado do Benfica aceder a processos em segredo de justiça já faz a SAD do Benfica ser?

Vão dar jeito esses meninos no Cashball.

Esta guerra vai ter de ser ganha no campo.

Os dias passam e o circo continua. É realmente impressionante como a CS consegue ocupar dias com um processo que consiste na violação do segredo de justiça. Uma coisa corriqueira neste país durante anos que passou agora a ser gravíssimo.

Peço desculpa aos puristas que estão indignados por o nome do Benfica estar a ser manchado mas não me vão ver a criticar estes atos porque eles têm um contexto.

Foi roubada informação confidencial do Benfica. Basicamente toda a informação interna dos últimos 10 anos. Comunicações, contratos, registos médicos de jogadores, etc. Essa informação apareceu nas mãos de um clube rival, a quem durante um ano foi permitido divulgar essa informação confidencial.

O Benfica fez queixa nas autoridades pelo roubo dessa informação e até hoje ainda não existem culpados. Começaram as buscas ao Benfica e abriram-se processos de investigação. Ao longo destes meses o Benfica foi sendo confrontado com informações desses processos (em segredo de justiça) na comunicação social. Sempre para denegrir a imagem do clube.

Ao mesmo tempo foram aparecendo casos que indiciam corrupção nos rivais sempre abafados com divulgação de novos emails.

Ora. Se um clube rival e a comunicação social cometem crimes para manchar a imagem do Benfica. Se o Benfica vê os seus rivais a aproveitarem-se disso para comprar jogos sem que sejam denunciados na CS. E se pior ainda, o MP fica parado em relação a esses casos deixando o Benfica a arder em lume brando, então o Benfica tinha de se defender.

O que realmente está em causa neste momento não é a verdade desportiva. O que está em causa é a tentativa de destruir a imagem de um clube para este não se distanciar ainda mais dos seus rivais. E para combater isto o Benfica tem como prioridade acentuar essa diferença. E isto faz-se ganhando.

No Benfica, principalmente nas suas equipas, não se pode perder o foco. E sempre que saírem mais noticias a manchar o nome do Benfica que os jogadores se lembrem que lhes estão a retirar o mérito das vitórias que conseguiram com muito esforço. Que lhes continuem a demonstrar que eles são mesmo os melhores. As vezes que forem precisas.

Este ano penso ser consensual termos um grande plantel. Temos um treinador que já foi Bicampeão em contextos complicados. Preferências todos as temos. Nunca vamos concordar em tudo. Mas não vamos deixar que seja isso a fazer abanar a nossa equipa. E quando ela abanar vamos ser os primeiros a segurá-la. Vamos tornar esta época inesquecível porque a verdadeira justiça vai ser feita com todos Nós no Marquês ano após ano.


domingo, 5 de agosto de 2018

Pensem bem. Pensem muito bem

No post anterior já disse que uma possível saída de Jonas não ia apenas afetar o clube em termos desportivos. Pode abrir feridas no seu interior. Hoje já se vêm noticias disso mesmo. Pouca gente vai aceitar que um doa maiores ídolos do clube saia por 5 milhões. Tenha 35 anos, bicos de papagaio ou o que seja, estamos a falar de 37 golos na última temporada.

Jonas tem contrato até ao final da época. Percebo que querendo sair a situação de forçar a sua permanência possa levar ao descontentamento. Mas é uma questão de se chegar a um entendimento. Jonas é daqueles jogadores que deviam terminar a carreira no Benfica. Não sendo possível que tudo seja feito para que fique o maior tempo possível.