segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Quando é que isto vai parar?

De tão repetitivo que é começa a tornar-se ridículo. Porto e Sporting continuam no seu campeonato particular a ver quem tem mais benefícios de arbitragem. A única coisa que me deixa intrigado é como é que estes artistas fazem o que fazem tão descaradamente.

Na Madeira fica a imagem de Fabricio postrado no relvado a chorar no final do jogo. Não é difícil perceber porquê. Mas o que impressiona é que tal como em Setúbal com outros, parece que o rapaz sabia que podia fazer o que lhe apetecesse. E assim distribuiu pancada suficiente para ser expulso 3 vezes. No final apenas um amarelo numa jogada em que quase arrumou com um jovem de 19 anos.

Quanto ao jogo salvou-se a vitória (3 fora de casa nos últimos 4 jogos do campeonato) e mais um jogo sem sofrer golos. Mas na próxima semana vai ser preciso muito mais. Já não vale a pena falar sobre o que penso que está mal neste Benfica de Rui Vitória. Ia tornar-se repetitivo.

Neste momento estamos em modo de sobrevivência. A nossa única hipótese é mesmo essa. Tentar sobreviver até que alguma coisa mude no futebol português. Até lá nem com um Guardiola e com uma equipa de Messis vamos conseguir ganhar alguma coisa neste lamaçal.

P. S. - Venha de lá mais um mail para não se falar do que que aconteceu em mais um fim-de-semana decadente do futebol português.

2 comentários:

  1. https://hugogil.pt/wp-content/uploads/2018/12/penalti.jpg

    ResponderEliminar
  2. https://1comando1904.blogspot.com/2018/12/a-sanha-persecutoria-vai-continuar.html

    ResponderEliminar