quinta-feira, 15 de setembro de 2022

A alegria está de volta

Depois de 2 anos e meio de sofrimento temos o Benfica de volta. A jogar a Benfica. Finalmente temos uma equipa competitiva. Finalmente o vazio desapareceu e transformou-se em ansiedade para ver novamente o Benfica a entrar em campo.

O jogo teve partes distintas. Para mim os primeiros 25 minutos foram talvez os piores da época. Mas nesse período houve um jogador que não só foi segurando a equipa as cordas como a foi puxando aos poucos para cima e a conseguiu transportar para um resto de jogo magistral. Estou a falar de Florentino que mostrou aquilo que um trinco deve ser.

Eu só imagino o jogador que ele já não seria hoje se não tivessem cometido um dos maiores erros da história do clube ao trocá-lo pela maior anedota futebolística que me lembro de ver no Benfica. Hoje Florentino saiu de Turim com a 12ª vitória consecutiva enquanto a anedota está no Borussia Monchcoiso (ainda sem ganhar um jogo) a dizer que não quer ser um Gattuso. Inacreditável.

Agora foco total no jogo com o Marítimo. Lembrar do que aconteceu na época passada com o Portimonense e como um jogo aparentemente inofensivo pode colocar o mundo de pernas para o ar. Para chegar lá acima é preciso muito tempo e trabalho. Mas para descer bastam 90 minutos. Apesar de não parecer vai ser um dos jogos mais importantes na época. Não vencer vai colocar uma nuvem sobre a equipa durante a paragem para as selecções e antes de mais uma série de jogos que será muito mais exigente que esta com jogos com o PSG, Juventus e Porto.

quarta-feira, 14 de setembro de 2022

O novo fantasma de Sonceição

Tal como a goleada sofrida em Basileia foi um fantasma que assombrou Rui Vitória até a sua saída, e o próprio Benfica durante muito tempo, também esta derrota vai ter este efeito em Sérgio Sonceição e no Porto. O saldo das duas últimas campanhas europeias do Porto vai em 6D, 4E e apenas 2V. E uma das vitórias foi esta. Vamos ver se a pressão da MDCSDQT se vai sentir como se fez sentir com o Benfica após esse jogo em Basileia. Vamos ver se as estatísticas e perguntas sobre as mesmas vão começar a aparecer antes de cada jogo do Porto como aconteceu com o Benfica durante os anos seguintes aquela campanha europeia.

P.S. É muita cobardia meter 2 miúdos a dar a cara depois de um dos maiores desastres da história recente do Porto.

domingo, 11 de setembro de 2022

Um dos dias mais negros do futebol português

Aí está o resultado de anos de uma campanha de ódio contra o Benfica. A proibição de adereços do Benfica em vários estádios já não é novidade. Com a anuência de Proença até se tornou em algo banal. Agora obrigarem uma criança a ver um jogo em tronco nú as 15:30 da tarde é um novo nível de demência.

Mais uma dúzia de anos com esta MDCSDQT, com o FDP Proença e sem ninguém que defenda o clube e nem sequer vamos poder sair a rua com um boné do Benfica. Até o cartão de sócio vamos ter de esconder numa gaveta em casa.

Por mais que me esforce não consigo entender esta passividade no clube depois de tudo o que já nos fizeram nos últimos anos. A sério. De uma vez por todas ACORDEM CARALHO. PEÇAM A DEMISSÂO DESTE VERME.

sábado, 10 de setembro de 2022

Hoje vamos ter mais disto

Isto é a realidade que o Benfica tem de enfrentar



E isto é o que passa para a opinião pública


Portanto alguém estranha que o Benfica hoje seja novamente roubado a descarada? Não. Enquanto não houver defesa do clube e não se desmascarar esta gentalha toda vai continuar a ser fácil aos árbitros roubar o Benfica. E elas podem não matar num dia mas moem para os próximos. Vai chegar a um ponto em que a equipa do Benfica não vai conseguir contrariar isto. Ou se começa a defender o clube como deve ser ou vai ser mais uma época perdida. E isto não é só para a direcção. É também para os Calados da vida.

Quanto ao jogo eu fazia algumas trocas. Não só é preciso refrescar a equipa como também é necessário criar novos problemas aos adversários que estão a conseguir anular os nossos pontos fortes. É por isso que eu entrava com o Draxler e o Rodrigo Pinho a fazer companhia ao Musa na frente. Dava descanso ao Neres e colocava-o quando o adversário já estiver desgastado. Também colocava Gilberto e Ristic nas laterais e Aursnes no meio-campo para dar descanso ao Enzo.

domingo, 4 de setembro de 2022

Coniventes

Passadas quase 48 horas de uma das arbitragens mais nojentas que passaram pela Luz nos últimos anos o Benfica continua manso. A newsletter da praxe e nada mais. Enquanto isso é o Vizela e a aliança do Altis que está a passar a imagem de um Benfica beneficiado. É inacreditável.

No final do jogo Rui Costa foi para o relvado eufórico a abraçar tudo e todos e a puxar pelo público como se isso fosse uma atitude de líder. Mas o que fez foi apenas roubar palco àqueles que sofreram na pele as decisões inacreditáveis de um badameco qualquer, e que mesmo assim conseguiram ir buscar uma vitória quase impossível.

Ser líder era ir direto para a sala de imprensa DEFENDER aqueles jogadores que foram gozados a cada um dos 90 minutos do jogo. Principalmente Gonçalo Ramos que foi expulso em 5 minutos por levar com os pitons na coxa num lance e por sofrer penalti no outro. Era pedir não só a demissão do conselho de arbitragem como exigir ao estado uma investigação ao futebol português. Lances como o de Gonçalo Ramos são a prova cabal que a corrupção existe. E como esse lance já assistimos a dezenas deles nos últimos anos.

Nos últimos anos têm sido jogadores e treinadores, não só de futebol como das modalidades, não só masculinas como femininas, não só séniores como da formação, a gritarem e exigirem respeito pelo Benfica. Da parte de quem o devia fazer nem uma palavra. Isso no meu dicionário é COBARDIA.

No Sábado lá estará mais um artista qualquer com o caminho livre para mais uma vez roubar o Benfica. Depois de a equipa já ir enfraquecida sem 2 jogadores essenciais. Vai ser até a equipa acabar por quebrar. Depois começam as criticas dos adeptos a equipa e momentos como estes perdem-se. Isto é um ciclo que se repete semana após semana, ano após ano, sem que na Luz exista a coragem de acabar com isto. É que uma coisa era não conseguirem. Outra é não quererem.

P.S. Em termos futebolísticos gostei de ver Rodrigo Pinho na equipa B a indiciar que será utilizado. É um dos jogadores que acredito que pode fazer a diferença nestes jogos típicos do tugão.

sábado, 3 de setembro de 2022

INCHEM CABRÕES DO CARALHO

INCHA CORRUPTO

INCHA CORRUPTO

INCHA CORRUPTO

INCHA CORRUPTO

INCHA CORRUPTO

INCHA VENDIDO

INCHEM TODOS CARALHO

E se depois do que aconteceu hoje não existe um pedido de demissão desta gente, então caro Rui Costa, VAI PRO CARALHO. Um merdas qualquer não pode chegar ao Estádio da Luz e fazer o que fez hoje.



JÁ CHEGA DESTA MERDA

sexta-feira, 2 de setembro de 2022

Pelo menos o friozinho na barriga em dia de jogo voltou

Para mim ficou curto o plantel. Vamos passar por alguns momentos de aperto até a paragem para o Mundial. Muito foi feito e não era fácil fazer muito mais num só mercado. Foi a este ponto a que chegamos com os últimos 2 anos onde provavelmente tivemos o pior plantel em termos de custo/rendimento. Acredito que com 2 ou 3 ajustes muitos jogadores teriam rendido muito mais e a sua imagem não teria ficado tão deteriorada perante os Benfiquistas. Mas o que fica foi o rendimento e esse foi pouco.

Felizmente para nós tanto Porto como o Sporting também parecem com planteis desequilibrados. Curiosamente o Braga é que aparece com um plantel muito forte. Se não tiver lesões na defesa podem muito bem lutar pelo titulo.

Mas o que realmente de bom este mercado trouxe foi o prazer de ver novamente o Benfica jogar. Durante 2 anos e meio esse prazer foi transformado em autênticas provas de amor ao clube a cada 90 minutos passados, no estádio ou em frente a televisão, a ver um futebol triste, enfadonho e sem alma. Hoje sinto novamente o friozinho na barriga quando acordo em dia de jogo e a medida que a hora do jogo se aproxima. Só por isto não tenho como agradecer a Roger Schmidt.

Hoje vai ser duro. O jogo tipico do tugão com o árbitro tipico do tugão. Não podem haver relaxamentos enquanto o jogo não estiver resolvido.